nas áleas feitas de verre...(Poésie de Rosario Duarte da Costa)

Publié le par Rosario Duarte da Costa

coloring Dreams
Auteure de la photo: Anna Cláudia Speck"olhares.com

nas áleas  feitas de verre

 

Queria falar-te de amor, mas ele é uma flor fanada,

queria-te falar do tempo, mas ela enrola-se na tua esplanada.

 

E queria voltar a sonhar-te, mas os sonhos já são raros,

e queria desejar-te alegria, mas foram-se lápis e aparos.

 

E foi-se a vontade de querer por tanto te ter querido,

e foi-se a vontade de amar, por tanto te ter amado...

 

E foi-se a vontade de viver porque a esperança

já aqui não quer renascer.

 

E aqui morro viva, sem que alguém me enterre,

sonhando com os cipreses nas áleas  feitas de verre!

Rosario Duarte da Costa

Copyright

20/03/2012

 

 

Still Water

Auteur: Sérgio Ribeiro"olhares.com"

Publié dans Les doigts du jour!

Commenter cet article