Histórias Alentejanas: Ela achava muito engraçadinho !

Publié le par Rosario Duarte da Costa

Inocência ...  

  Auteur: João Radisch "olhares.com"

 

Histórias Alentejanas

 

Ela achava muito engraçadinho !

 

Pois quando ela era garotinha, cada vez que a avózinha abria a porta, ela perguntava sempre à avó: quem é?!

- logo a avózinha respondia : é a prima Bia.

No dia seguinte era a mesma coisa mas, a prima já não era Bia, sim Zefa e, nos dias seguintes apareciam outras prima: Zézinha, Çãozinha,

Mariazinha, Betinha, Galapinha... e, aí por diante.

Então foi assim, que ela se convenceu que toda a gente na aldeia, era

sua prima!

Por isso, nunca viu estrangeiros à sua volta. Fôsse qual fôsse o caminho

que tomásse, havia uma priminha (nova ou velha), como a Nelinha, a Josefinha ou, a Luísinha.

E, foi preciso partir um dia dali e crescer, para compreender que tudo

isso é, linguagem alentejana.

Portanto, quando regressava ao Alentejo, lá vinha a prima Marianita a correr beijá-la, e a Fátinha que continúava a ser sua priminha.

Com tudo isso,ela sentia-se rica,

mesmo muito rica!

Rosario Duarte da Costa

Copyright

14/11/2012

 

www.olhares.com

 

 Algures no Alentejo... MONTE ALENTEJANO ALENTEJO Giras... (de costas para o) ...sol Contrastes Alentejanos..... Tão perto e tão longe... Beleza sem Idade O caminhar de um alentejano GRAFISMO NA NATUREZA terra rasa "Cores da Noite" Alentejo Ruínas... Horizonte Torto Efeitos Luminosos O tempo no Alentejo ... Donas da Paisagem Namoro Fardo Anéis de Sol "Praia de Morgavel..." ESQUELETO Malmequeres Descanso Barragem do Facho VII Simple Tree Árvore triste Minha alma é como um pastor "O nº 12..." "Por terras de Castro Verde..." AGUARELA Passeio pelo campo "Moinho..." "Pelos verdes campos fora..." Passeio pelo Alentejo Algures no alentejo Alentejo

 

Publié dans Mère! Mãe!

Commenter cet article