Evolução e, regressão…Évolution et regréssion!

Publié le par Rosario Duarte da Costa

Acção

Auteur:  digitalgirl"olhares.com"

Evolução e, regressão…

Évolution et regréssion!

 

Pois é…

Não posso falar do tempo da juventude da minha avó. Porque,

o não vivi!

Nem da juventude da minha mãe, porque o pouco que conheço,

foi ela que mo disse. Não o experientei!

 

Mas posso falar da minha...E, nem preciso mentir. Nem rica,

nem pobre... Os meus pais trabalhavam os dois e, sempre tive

o necessário ao meu viver. Foi!

E é verdade que na adolescência beneficiei de bastante ajuda

dos meus pais, tanto para estudar, como para satisfazer as

minhas necessidades de jovem. Não me posso queixar...

 

Mas, em meados dos anos 60, o desejo de satisfação pessoal

era bem menor do que os dos meus filhos. E, muito menos do

que as dos meus netinhos. Houve sempre o que eu chamarei

a “medida justa”!

 

Agora, as crianças querem tudo e, imediatamente... Querem!

E o problema é que os pais lhes satisfazem os desejos. E, os

avós (como eu), também!

 

Já reparei que a criançada nem é tão agradecida, como eu o era.

É com um “merci” rápido e, pega-se na prenda seguinte. Isto

inquiéta-me...

Mesmo se os meus filhos por hábito, oferecem os brinquedos

em bom estado que as crianças já não utilizam, mesmo se

estes os dão às associações caritativas, penso que é demasiado!!!

 

Porque, nadar em muita coisa, não é uma prova de poderem

um dia nadar num pequeno lago, quase sem água...

Rosario Duarte da Costa

Copyright

22/05/2012

Desfoque colorido

 

Publié dans Dialogues

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article