Ela!Elle!

Publié le par Rosario Duarte da Costa

Mais um PDS...

Auteur des photos sur cette ^page:pgophoto"olhares.com"

(Photo en votation...)

Reflexo duma luz apagada

 

Ela!

Elle!

 

Ela tem mais de cinquenta anos, era responsável numa empresa de carácter cultural mas, está já há muito tempo desempregada e, não

tem qualquer família ao lado.

Sim, a cidade é grande, pode deambular à vontade, encontrar os amigos que se contam hoje por menos do que a soma dos dedos.

É verdade que se habituou a viver sempre com os pais, mas eles partiram  e, ela ali ficou sózinha sem cão nem gato, no apartamento.

Às vezes pensa no passado, na juventude, no namorado que após tantos anos de namoro e quase em vésperas de preparação para o casamento, a deixou por outra -a quem fêz um filho quando ainda

a namorava-.

É triste por vezes estar sózinha; mas ela nunca o diz, porque

sempre gostou de se mostrar independente.

Há dias em que lhe apetece ficar na cama quase todo o dia. E outros

em que lhe chega o desejo de viajar. O que faz por vezes. Diga-se

que ela nunca viajou muito, senão umas passeatas a duzentos quilómetros da cidade.

Porém, também a aborrece encontrar pessoas de quem não gosta.

Por vezes, falam, falam e perguntam, e ela não gosta de responder!

Chegou à conclusão que entra na casa dos velhos. Uma casa onde

se precisa ter amor e carinho, o que ela não tem.

E, para lhe complicar a vida, chegou a crise. Portugal é um dos

Países muito atingidos por ela.

A crise, que exige, que a rouba, que a mata. Já lhe tiraram os

subsídios de Natal e, das férias. Diminuíram-lhe as somas do desemprego. Mas, que coisa tão estúpida, pensa!

 

E, ali fica ela a cismar, como cada manhã, como todas as noites. E

diz-se que não mereceria amadurecer assim. Os azuis passam-lhe

por detras dos olhos...

Tão só e, quase pobremente!

Rosario Duarte da Costa

Copyright

10/01/2013

Tons Azuis
 

Commenter cet article