Dizeres que se verificam! "Roi Paes de Ribela"

Publié le par Rosario Duarte da Costa

A Guardiã do Tempo

Auteur des photos sur cette page: Marina Aguiar"olhares.com"

INCLINAÇÕES

 

Dizeres que se verificam!

 

Procurando um texto nos meus documentos, vi este que havia

colocado no meu blogue há um ano já e, copiei-o...

Desde há um ano, a nossa situação piorou. Foi!

E, ninguém é capaz de fazer algo de positivo, de esperançoso,

de dar asas a um futuro que todos tememos.

Vergonhoso!

 

"como as labaredas saídas da  boca do dragão!

 

Em honor da nossa crise. Entre riqueza e tanta avareza, a ver

passar a pobreza.

Para esta penúria, que avança, como as labaredas saídas da

boca do dragão!

 

Roi Paes de Ribela

 

I          Vem um ricome das truitas

         que compra duas por muitas,    

                      e coz’end’a  ũa.

II         Por quanto xi querem chas,

         compra ém  duas pequenas,

                      e coz’end’a  ũa.

III       Vendem cem truitas vivas,

             e compra ém dua cativas

                      e coz’end’a  ũa.

IV        E, u as vendem bolindo,

             vai-se’ém com duas friindo

                      e coz’end’a  ũa.

In (Lapa Escarnho 411)

Extraído de( Lírica Portuguesa) de Elsa Gonçalves e Maria Ana Ramos

Editorial comunicação

 

Rosario Duarte da Costa

Copyright

01/09/2011(over-blog)"

 

( posto no meu blogue há um ano!

Rosario Duarte da Costa

Copyright

15/10/2012

HEDONISM 

 

 

GRAFFITI n.º 145: O Turista Imperturbável (1)

 

Publié dans Regards-Olhares!

Commenter cet article