Divagações! (Poema)

Publié le par Rosario Duarte da Costa

 

''Pedras no caminho...''

Auteur Luiz Augusto A . Mesquita"olhares.com"

Divagações!

 

Podia beber-te e, não te bebo

podia dizer-te e, não te digo.

Posso dizer-te que, não tenho sede

e falar-te, não o consigo.

 

La pierre me tape, sur le cerveau,

et la mer monte jusqu’à là haut…

 

Mas posso dizer-te que não sou muda,

aqui tudo gira, na minha mente.

E que não há ninguém que me iluda,

porque nada sendo, também sou gente.

 

La pierre me tape, sur le cerveau,

et la mer monte jusqu’à là haut…

 

O meu bestunto trabalha sempre

como uma máquina selectiva.

É só assim que vou contente,

e é só assim que me sinto viva!

 

La pierre me tape, sur le cerveau,

et la mer monte jusqu’à là haut…

Rosario Duarte da Costa

Copyright

03/04/2013

 

!!!

Auteur: Brito del Mar"olhares.com"

Publié dans mots!

Commenter cet article