Chove! Il pleut! (Poema/Poème)

Publié le par Rosario Duarte da Costa

 

 

  .

Auteur: StongPaNyid "olhares.com" 

 

Chove...

 

chove...

chove lá fora e, dentro do meu coração.

e as pedras lá no fundo, não chegam

para canalizar a água de tanta chuva.

 

ficam as horas afogadas

no tumulto das águas. pequenos os meus dedos

não as conseguem levantar.

   Só fica o reflexo...

 

com a janela aberta, o céu fica a ver,

o tempo que passa, pleno de horas mortas!

 Rosario Duarte da Costa

Copyright

08/04/2013

 

.  

Publié dans Les doigts du jour!

Commenter cet article