A primeira vez que vi a neve!

Publié le par Rosario Duarte da Costa

 cão na casa

 Photo: Gigi Melo Valente

 

A primeira vez que vi a neve!

 

A primeira vez que vi a neve, estava de cama com uma angina.

Sim!

Teria una cinco anitos e, queria a minha bonequinha de trapo

que eu tinha deixado no quintal e, a minha mãe abriu a janela

e disse-me: ela está toda molhada.

Começei a choramingar mas, ao olhar para a janela, vi a neve

no alto do quintal –que tinha um grande desnível com a parte

de baixo e a casa- e, fiquei deslumbrada!

A grande nogueira plena de cristais de neve, as ameixoeiras branquinhas e eu, ali na cama sem poder correr.

A minha mãe trouxe-me a boneca gelada- enrolou-a numa

grande toalha turca e, pediu-me para eu não lhe tocar, enquanto

a boneca não secásse.

Fiquei ali na caminha a inventar-me histórias, tristezinha por

não poder correr e, sem poder adormecer.

Algum tempo depois veio a minha mãe e, pegou-me ao colo,

aproximou-me da janela e logo, apercebi o meu pai (sempre

brincalhão), que me fêz um enorme boneco de neve que tinha

o nariz côr de cenoura, um chapéu na cabeça e na mão uma

enorme vassoura que me fêz sorrir.

Nunca mais esqueci a minha primeira visão da neve!

Rosario Duarte da Costa

Copyright

21/03/2013

Foto:http://www.popscreen.com/v/6pfoG/Neve-no-Alentejo

 

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article