a minha vida não me bate certa

Publié le par Rosario Duarte da Costa

MADRUGADA NO TEJO

Auteur des photos sur cette page: Jose Manuel Alves"olhares.com"

 

Õ MAR

a minha vida não me bate certa

 

entre o être e o paraître

entre le jour et la nuit...

 

o sol partiu hoje à tardinha,

deixando uma luz cendrada

cinzentinha, caíndo na cidade.

E eu páro quase a ventoínha

pedindo-lhe macio silêncio,

para não perturbar a minha solidão,

 

entre o être e o paraître

entre le jour et la nuit...

 

e amanhã a chuvinha descerá,

 

lavar a terra suja já enegrecida.

E levar-me esta angústia que me aperta,

pois a minha vida não me bate certa!

 

 

entre o être e o paraître

entre le jour et la nuit...

Rosario Duarte da Costa

 

Copyright

10/09/2012

 

Avieiros
RIA DE AVEIRO

Publié dans Les doigts du jour!

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article