A Era industrial! L’Ère industrielle!

Publié le par Rosario Duarte da Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Era industrial!

L’Ère industrielle!

 

 

Ainda há umas décadas, lia eu autores como  que evocavam a era

industrial de tal maneira barulhenta e triste, que quase metia

medo.

Penso por exemplo no nosso amigo Emile Zola com “La Bête Humaine”, naquele monstro de ferro e aço que era a locomotiva a

vapor.

E penso em todas as grandes empresas industriais que se desenvolveram com milhares de pessoas e os barulhos agudos dos

ateliers.

Ainda no movimento social à entrada e saída do trabalho ou, à

hora do almoço quando de mãos ainda negras os homens e mulheres

se enrolavam no casse-croûte do dia para o mastigarem. Era!

Era, porque a mutação do tempo e, o desenvolvimento de novas

tecnologias acabaram com esses monstros que por um lado

maltratavam os homens e, por outro lado os alimentavam.

 

Agora, já nem trabalho existe para todos. As empresas externaliza-

-ram-se ou fecharam, despedindo milhares de empregos e pondo

os trabalhadores à porta!

E, o trabalhador que sofria noutros tempos no trabalho, sofre agora

por o não ter. O homem sente-se indignado e, passa o tempo a correr

atrás do tempo que o não vê!

Agora,  “La Bête humaine” continúa a existir mas, não da mesma maneira!

Rosario Duarte da Costa

Copyright

10/04/2012

 

La bête humaine, un film de Jean Renoir

 
www.premiere.fr › Cinéma FilmsEn cache
Télécharger La bête humaine sur FilmoTV. Rechercher ... Bandes-annonces et photos de La bête humaine. LA BETE ... Dernières news sur La bête humaine ...
 

Publié dans Dialogues

Commenter cet article